Contra a “guerra política”

Esse segundo turno das eleições virou cenário de guerra, principalmente nas redes sociais. “Elite x pobres”, “norte x sul”, “certo x errado”, “ignorantes x coxinhas”. Ataques de todos os lados. O objetivo principal deixou de ser ter um ponto de vista e passou a ser atacar quem tem um ponto de vista contrário. Discordar virou estopim para conflito.

Não existe santo na política. Logo, nenhum deles merece tanta devoção capaz de fazer pessoas que se gostam passarem a brigar. Cada um tem suas convicções e seus motivos que o fazem apoiar esse ou aquele candidato. Se você deseja discutir sobre política, é possível fazer isso de forma saudável, dando sua opinião e ouvindo a dos outros sem desrespeitar. As pessoas não são obrigadas a concordarem entre si, mas o respeito é essencial. E quem prefere evitar até as discussões saudáveis também deve ser respeitado.

Se até ontem nos amávamos, por que mudar isso agora? Vamos falar de política, vamos ter opinião própria, vamos defender nossa visão! Mas não vamos nos atacar, não vamos desmerecer quem discorda, não vamos ser preconceituosos!

eleição

Não sei quem criou, mas a frase é perfeita!

Comentar via Facebook

Comentários

4 comments

Deixe uma resposta