Mais empatia, por favor!

Amor, respeito, igualdade, paciência, justiça. São muitas as coisas que faltam no mundo. Uma das mais importantes, quiçá a mais essencial de todas, é a empatia. Acredito que a empatia possa mudar o mundo. Ela tem o poder de abrandar mazelas ao aproximar pessoas e despertar o respeito. Infelizmente ela é cada vez mais rara de se encontrar.

A humanidade está egoísta. Concentramos tanto nossos pensamentos apenas em nossos interesses que não temos mais a capacidade de colocar em prática um conceito tão simples quanto a empatia. Será que é tão complicado?

Capacidade psicológica para sentir o que sentiria uma outra pessoa caso estivesse na mesma situação vivenciada por ela. Consiste em tentar compreender sentimentos e emoções, procurando experimentar de forma objetiva e racional o que sente outro indivíduo”. É o bom e velho “se colocar no lugar do outro”.

Eu respondo: não é. Nós é que não estamos acostumados a agir assim. Basta se perguntar: “gostaria que fizessem isso comigo?”. Se a resposta for não, é simples: não faça! Temos que treinar mais essa pergunta no nosso dia a dia. Tornar este questionamento um hábito. A empatia leva ao respeito. E os dois juntos fazem com que sejamos pessoas melhores.

Agressões físicas ou verbais, desrespeito, julgamentos, exclusão, indiferença. Estes são alguns exemplos de moléstias que podem ser curadas com a empatia. Pode ser difícil acreditar em uma mudança drástica no mundo apenas com mais empatia. Mas pequenos feitos são capazes de tornar a humanidade um pouco melhor, e ela sim é capaz de mudar o mundo.

Comentar via Facebook

Comentários

3 comments

  1. Clara Padrão says:

    Concordo contigo!!! Eu diria que esta é uma das virtudes mais falta às pessoas. Falta a capacidade de enxergar além do próprio nariz e se preocupar com os sentimentos alheios. Diria que falta humanidade a nós seres humanos.

Deixe uma resposta